domingo, 1 de março de 2015

O dia inicial e pouco limpo

Serra da Lousã
(1 de Março de 2015)

Sem razão aparente, lembrei-me das palavras de Sophia Mello Breyner Andersen "o dia inicial, inteiro e limpo".

Floresta a cerca de 1000 m de altitude. Chão húmido e mole atapetado de folhas, musgo e ramos caídos das árvores. Nevoeiro denso. Não se via um palmo à frente do nariz. Gosto de dias assim.
Sempre na expectativa de ouvir uns cascos a bater no chão ou um vulto fugidio por entre as árvores (em dias assim os veados parecem andar menos alerta e, já aconteceu, assustarmo-nos mutuamente).





Na descida, já aos cerca de 700 m, estava menos "milky"


Por ali?


Ou por ali?


Por aqui




Sem comentários:

Enviar um comentário